Iniciada há 15 anos, obras do novo aeroporto de Macapá estão 92% concluídas

Iniciada há 15 anos, obras do novo aeroporto de Macapá estão 92% concluídas
Após falta de recursos e paralisações, nova previsão é agosto de 2019, diz engenheiro. Estrutura está em processo de finalização, informou o engenheiro ao governo

Carlos Alberto Jr/G1

Na manhã desta quarta-feira (16), representantes do governo do Amapá e técnicos responsáveis pelas obras do novo Aeroporto Internacional de Macapá fizeram uma vistoria na estrutura, que está 92% finalizada e vai substituir o atual terminal de passageiros, inaugurado em 1974.

Ao todo, foram investidos R$163 milhões em recursos do Governo Federal na construção que foi iniciada em 2005 e passou por diversas paralisações até ser anunciada para este ano. A empresa responsável pela finalização da obra garante que não haverá novo prazo e que o cronograma de serviços será cumprido.

Vice-governador Jaime Nunes (à esquerda), governador do Amapá Waldez Góes (ao centro) e engenheiro da obra Heuriê Marcelo (à direita)

Carlos Alberto Jr/G1

Waldez Góes disse estar otimista com o avanço na construção e a previsão é de que tudo seja concuído em 2019. Para o chefe do Executivo, o novo aeroporto da capital, além de melhorar a experiência da população nas viagens aéreas, é também estratégico para o Amapá.

“Esse investimento é fundamental para o processo de desenvolvimento do estado. Se utilizarmos todas as possibilidades, não só a de transporte de passageiros, mas também de cargas. Poucas capitais têm o privilégio de ter um aeroporto na área central da cidade”, ressaltou.

Nova estrutura terá acesso a pontes de embarque, com conectores, elevadores e escadas rolantes

Carlos Alberto Jr/G1

Após mais de uma década, o projeto original foi reformulado, modernizado e adaptado de acordo com as novas normas arquitetônicas e de segurança. De acordo com o engenheiro da obra Heuriê Marcelo, o espaço foi ampliado e poderá comportar até 5,5 milhões de passageiros durante um ano.

“Hoje ela [obra] está com 92% concluída. O restante é o trabalho de finalização, mobiliando as salas técnicas, detalhes. Com a ampliação do projeto original, teremos, por exemplo, 70 espaços comerciais, entre lojas e quiosques, três esteiras para aumentar a capacidade e fluxo no aeroporto”, detalhou.

Não foi especificado um prazo para a entrega da obra, mas de acordo com a empresa responsável pela obra, os serviços serão concluídos até agosto e o aeroporto deverá está funcionando até o fim do ano. Já o atual prédio será demolido para ser criada uma nova pista de recebimento de aeronaves.

Ampliação da obra terá uma área de desembarque com três esteiras

Carlos Alberto Jr/G1

Obras de mais de uma década

A construção do novo aeroporto teve início em 2004, mas foi paralisada em 2007, após o TCU apontar suspeitas de fraude e desvio de R$ 113 milhões em verbas. A investigação resultou na Operação Navalha, da Polícia Federal (PF). Em 2010, o projeto foi modificado e a Infraero retomou parte dos trabalhos com recursos próprios.

O novo edital lançado em junho de 2014 passou por outra auditoria do TCU, que liberou o reinício das obras. Em 2015, o novo contrato do Governo Federal foi firmado em R$ 163 milhões, sendo que no primeiro semestre de 2016, cerca de 10,5% da construção estava finalizada.

Atual prédio será demolido para ser criada uma nova pista de aeronaves

Fabiana Figueiredo/G1

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

Fonte: G1

Veja também


ler notícia
A conciliadora

ler notícia
Bebê em cadeirinha sai ilesa após acidente entre dois carros, em Boa Vista


ler notícia
Homem de 55 anos é preso por tráfico de drogas em Araraquara

ler notícia
O bebê é uma bola

ler notícia
Rio tem a maior inflação acumulada em 12 meses entre 16 regiões do país, aponta IBGE

Onde estou?

Sua localização dentro do site.

  1. Home AtualizaSAT.tk
  2. Noticias Noticias
  3. Not&iacutecia Notícia